Quarta-feira, 30 de Janeiro de 2008

Genial!!!

sinto-me:
publicado por pevide às 13:52
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 29 de Janeiro de 2008

Os bons papás...

Eu adoro criancinhas (isto dito assim até parece mal). Juro!

O que eu não gosto assim lá muito, ou melhor, não gramo mesmo nada, são os pais das criancinhas que insistem em levá-las à escola todas as manhãs. E isto não tem nada de mal certo? A não ser quando os papás estacionam mal o pópó, que é como quem diz,

...páram a viatura de qualquer maneira e feitio, estando-se a cagar para os outros condutores que têm mais do que fazer do que estar à espera que suas excelências abram a porta do carro aos filhos - mas eles são atrasados mentais? devem saber trabalhar no computador como verdadeiros engenhocas e não sabem abrir uma porta sozinhos? - e os levem até à porta da escola, acenando até os perder de vista. A caminho do carro (mal parado! a impedir o trânsito!) ainda metem conversa com outro papá ou mãmã e quando lhes buzinam respondem "vou já" (e a mãozita do "espera aí")...

Papás e mãmãs da escola da minha rua:  por tornarem as minhas manhãs uma autêntica "gincana automobilística", uma mãozita do "f#ck you" para vocês. Vá... um dedito chega.

Esqueci de dizer que os papás normalmente estacionam o pópó a 20 metros do portão da escola... 20 metros!!! Qualquer dia levam os putos de carro até à sala!!!

sinto-me: atrasada...
publicado por pevide às 09:00
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Janeiro de 2008

Tainadas abençoadas

Uma moderna igreja de Bragança tem a funcionar numa espécie de "cave" um Bar.

Eu cá acho muito bem!

Uma pessoa já pode ir apanhar a bezana sem ficar com ressaca (o vinho é abençoada, logo livre de más consequências).

Ou então, o padre sempre se pode inspirar um bocadinho mais antes de dar o seu sermão (que é para diminuir o número de "adormecimentos").

"É uma forma de chamar mais os jovens à missa", disse uma senhora para o noticiário da SIC.

À missa não sei se vão, mas são capazes de se genuflectir com mais facilidade...  

sinto-me: "Bebamos irmãos"
música: Todas do cd "Que festa?!" Padre Borga
publicado por pevide às 14:20
link do post | comentar | favorito
|

Minha senhora... o seu filho parece um aborto

Hoje na SIC:

 

"Médica diagnostica aborto a grávida de 11 semanas"

 

Se calhar a senhora dôtora assustou-se com o que viu. Terá visto algo parecido com:

  1. José Castelo Branco
  2. Sócrates
  3. Joe Berardo
  4. Paulo Bento
  5. algo ainda mais arrepiante

???

sinto-me: piadinha de mau gosto...
publicado por pevide às 14:00
link do post | comentar | favorito
|

Espécie de Canicultura

Um dia (espero que “jamé”), quando me tornar completamente egocêntrica (e brutalmente badalhoca), irei passear os meus bóbis nos jardins da Universidade (que não estão vedados, ora porra…). É que se trata de um espaço tão agradável, onde os bóbis podem correr à vontade, explorar a natureza, e cagar como se não houvesse amanhã. E como há muita relva verdinha disponível, ainda podem roçar o cu quilómetros a fio, que é para não me sujarem a mala da viatura. Isto sim é que é qualidade de vida, com um travo de cultura: levar os bóbis a cagar no relvado da universidade… sem ter de levar os nada charmosos “sacos-plástico-saca-cagalhão”.
 
E agora o recadinho para os senhores e senhoras com ar descontraído que vêm passear os bóbis de manhãzinha ou ao fim da tarde… Um dia destes levo uns bóbis rafeiros para cagar no vosso jardim, e não tendo jardim, num vasinho de flores em vossa casa, pode ser? Assim, para retribuir o fertilizante…
Agradecida
 
sinto-me: com excesso de fertilizante
música: "Puta vida merda cagalhões" Nel Monteiro
publicado por pevide às 09:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2008

"Acredita?" - eu não... xiça!

É impressão minha, ou o novo filme publicitário do Banif é um bocadinho a roçar ao... "rabeta"?

Em que é que um senhor a ser... como dizer... brutalmente encabado por um cavalo traduz: "Acredite no esforço. Acredite na ambição. Banif, a força de acreditar"?

Era necessário a cena da gruta e do man aos gritos? Creepy...

Prefiro ter de aturar os anúncios com o Jorge Gabriel!

sinto-me: xiça!
publicado por pevide às 17:33
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Terça-feira, 15 de Janeiro de 2008

Piada seca (genial) do fim-de-semana

Num jantar de aniversário, durante as sobremesas:

"A minha namorada e eu temos uma relação muito liberal. Ando a comer esta moussinha e ela não se aborrece".

(By H.P.)

sinto-me: os meus amigos é que são fixes
publicado por pevide às 14:08
link do post | comentar | favorito
|

"Dar à luz" - delírio II

A todos os condutores que em dias de nevoeiro extremo teimam em circular com... os mínimos (e sem luzes de nevoeiro);

A todos os condutores que em dias de chuva intensa teimam em circular com... os mínimos;

A todos os condutores que ao anoitecer teimam em circular com... os mínimos:

F#DA-SE!!!

Ligar os médios não gasta mais gasosa!!! Ou será que o vosso topo de gama saiu mais barato? (também é daqueles que vêm sem piscas...)

Mínimos é luz de presença, não de cruzamento!!! Essa merda vem no código, oh bois & vacas do cara&%o!!!

Depois buzinam quando parece que não os vemos...

Como diria o Joe: f#ck you!

 

sinto-me: lights on, sff
publicado por pevide às 13:58
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

"Dar à luz" - delírio I

"Ele há cada uma"...

Acho bem que nos deixemos levar pela euforia da economia energética, sobretudo em locais públicos. Mas...

 

Quem foi a inteligência que inventou as casas de banho com luz "detector de movimento"???

Já não pode uma pevide mijar sugadita?! A meio da mijadela apaga-se a luz?!?!?! E depois? Como garantir que se acerta?

Uma pessoa quando vai ao WC é para fazer as suas necessidades em sossego, sem grandes movimentos, certo? (eu pensava que sim) Só os estritamente necessários...

E dou por mim de cócoras (não estamos em casa...) a bater palmas para ver se a dita cuja lâmpada nos ilumina o caminho... ou pelo menos o rolo de papel higiénico...

sinto-me: lights off
publicado por pevide às 13:45
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Sexta-feira, 11 de Janeiro de 2008

Coerências Lexicais

Ontem, muitos dos populares da Ota sentiram-se uns otários.

Por outro lado, há uns tempos atrás, os habitantes da Margem Sul sentiram-se uns camelos.

Ora... o nosso governo nunca foi tão justo nem tão coerente. Tanto a norte como a sul do Tejo, os portugueses são todos tratados como estúpidos.

otário: popular indivíduo fácil de enganar; lorpa

camelo: popular, homem estúpido, rude

("patrocínio" www.infopedia.pt )

sinto-me: "camelária"
publicado por pevide às 09:25
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.reciclar é sempre fashion!

Spread the Recycling Message

.Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. ...

. Sem tempo para respirar

. Quando eu pensava que já ...

. O meu "mapa" astral...

. Homens com fio de ouro ao...

. Tenho uma dificuldade eno...

. Can't wait!!!

. Sobre as relações [1]

. E não...

. Ainda sobre o vento e a m...


adopt your own virtual pet!

.links

.armazém de pevides

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds