Terça-feira, 6 de Maio de 2008

Mercúrio é o patrono de médicos e ladrões [pois...]

Por norma não vejo os telejornais da TVI. É muito “tiros, bombas e socos nas trombas”. Mas uma coisa é certa… ainda vão fazendo alguma “coça social”.

Há tempos fiquei encantada com a reportagem sobre os idosos algarvios que foram a Cuba para conseguirem ser operados às cataratas, depois de anos em listas de espera. Ontem passou uma reportagem de confronto aos responsáveis políticos e médicos. Porquê esta necessidade de visitar um país “do terceiro mundo” para resolver o que cá não se consegue?

É vergonhoso que estes seres se engasguem com perguntas directas e urgentes. É vergonhoso que o senhor bastonário da ordem dos médicos, oftalmologista, confrontado com as pornográficas listas de espera, diga apenas (qualquer coisa como isto) “Fiquei preocupado com as intervenções em Cuba. Tantas cirurgias num curto espaço de tempo… nada foi garantido quanto às condições de higiene entre cirurgias”. Pessoas quase cegas em Portugal e o senhor bastonário apenas se preocupa com a esterilização dos materiais cirúrgicos num dos países com a melhor assistência médica do mundo?

E que tal responder porque é que num hospital central, como é o caso de Faro, existe apenas 1 oftalmologista, porque outros 6 da mesma especialidade preferiram ir sacar mais dinheiro na privada? E os médicos que não estão em exclusividade nos hospitais? Por que princípios éticos se regem? “Pois… marcando aqui no hospital só lá para 2011… mas se for ao meu consultório amanhã já está resolvido”

Isto é o quê? Encher a pança à custa dos mais desgraçados, que depois de anos à espera desfazem-se das poupanças de uma vida, de sangue e suor, e ainda se endividam, para pagar a estes mercenários??? Há médicos que ganham mais de 1000 euros por fazerem uma urgência de 24 horas (e sabemos que algumas delas são a dormir…)!!! Andamos a sustentar estas prostitutas da saúde??? E ninguém faz nada para resolver este negócio vergonhoso???

Parabéns TVI, por colocares o dedo na ferida!!!

sinto-me:
publicado por pevide às 09:56
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Gi a 6 de Maio de 2008 às 11:24
Também vi as 2 reportagens.
Também é igualmente verdade, e cada vez mais isso me irrita, que os jornalistas praticamente não deixem falar as pessoas: o sr. jornalista falava, adiantava. interrompia e, até dava quase a resposta pelos entrevistados.
Ainda bem que não sou figura pública, porque com o meu feitio, os srs. jornalistas iam passar um mau bocado.
Desculpa-me o desabafo!
De pevide a 6 de Maio de 2008 às 12:06
Sim, tens razão (e os teus desabafos são muito bem recebidos. Nada de pedir desculpa!) De facto o jornalista não deu espaço de resposta (é da TVI... é mesmo assim. Há que manter as audiências e ser sensacionalista!). Mas duvido que, se o desse, os senhores doutores dissessem algo que nos fizesse pensar "coitadinhos... eles bem se esforçam, mas não há maneira de resolver a situação".
Olha... pelo menos deixou-os a engolir em seco. Até ao mercenário da ordem dos médicos!

comentar post

.mais sobre mim

.reciclar é sempre fashion!

Spread the Recycling Message

.Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. ...

. Sem tempo para respirar

. Quando eu pensava que já ...

. O meu "mapa" astral...

. Homens com fio de ouro ao...

. Tenho uma dificuldade eno...

. Can't wait!!!

. Sobre as relações [1]

. E não...

. Ainda sobre o vento e a m...


adopt your own virtual pet!

.links

.armazém de pevides

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds