Sexta-feira, 9 de Maio de 2008

O único defeito da Mulher

(Recebido por e-mail) 

 

 

 

O ÚNICO DEFEITO DA MULHER
Texto de Sérgio Gonçalves, redactor da Loducca, publicado no jornal da agência.

"Se uma memória restou das festinhas e reuniões de familiares da minha infância, foi a divisão sexual entre os convivas: mulheres de um lado, homens do outro.

 

 

Não sei se hoje isso ainda acontece. Sou anti-social ao ponto de não frequentar qualquer evento com mais de 4 pessoas, o que não me credencia a emitir juízos.
 
Mas era assim que a coisa acontecia naqueles tempos. Tive uma infância feliz: sempre fui considerado esquisito, estranho e solitário, o que me permitia ficar quieto a observar a paisagem.
 
Bem, depressa verifiquei que o apartheid sexual ia muito além das diferenças anatómicas. A fronteira era determinada pelos pontos de vista, atitude e prioridades.
 
Explico: no lado masculino imperava o embate das comparações e disputas. "O meu carro é mais potente, a minha televisão é mais moderna, o meu salário é maior, a vista do meu apartamento é melhor, a minha equipe de futebol é mais forte, eu dou 3 por noite" e outras cascatas típicas da macheza latina.
 
Já no lado oposto, respirava-se outro ar. As opiniões eram quase sempre ligadas ao sentir. Falava-se de sentimentos, frustrações e recalques com uma falta de cerimónia que me deliciava. Os maridos preferiam classificar aquele ti-ti-ti como mexerico.
 
Discordo.
 
Destas reminiscências infantis veio a minha total e irrestrita paixão pelas mulheres.
 
Constatem, é fácil.
 
Enquanto o homem vem ao mundo completamente cru, as mulheres já chegam com quase metade da lição estudada. Qualquer menina de 2 ou 3 anos já tem preocupações de ordem prática. Ela brinca às casinhas e aprende a pôr um pouco de ordem nas coisas. Ela pede uma bonequinha a quem chama filha e da qual cuida, instintivamente, como qualquer mãe veterana. Ela fala em namoro mesmo sem ter uma ideia muito clara do que vem a ser isso. Noutras palavras, ela já nasce a saber. E o que não sabe, intui.
 
Já com os homens a historia é outra. Você já viu um menino dessa idade a brincar aos directores? Já ouviu falar de algum garoto fingindo ir ao banco pagar as contas? Já presenciou um bando de meninos fingindo estar preocupados com a entrega da declaração do IRS? Não, nunca viram e nem hão-de ver.
 
Porque o homem nasce, vive e morre uma existência infanto-juvenil. O que varia ao longo da vida é o preço dos brinquedos.
 
Aí reside a maior diferença.
 
O que para as meninas é treino para a vida, para os meninos é fantasia e competição. Então a fuga acompanha-os o resto da vida, e não percebem quanto tempo eles perdem com seus medos.
 
Falo sem o menor pudor. Sou assim. Todos os homens são assim.
 
Em relação ao relacionamento homem/mulher, sempre me considerei um privilegiado. Sempre consegui ver a beleza física feminina mesmo onde, segundo os critérios estéticos vigentes, ela inexistia.
 
Porque todas as mulheres são lindas. Se não no todo, pelo menos em algum detalhe. É só saber olhar.
Todas têm a sua graça. E embora contaminado pela irreversível herança genética que me faz idolatrar os ícones da futilidade, sempre me apaixonei perdidamente por todas as incautas que se aproximaram de mim. Incautas não por serem ingénuas, mas por acreditarem.
Porque todas as mulheres acreditam firmemente na possibilidade do homem ideal.

E esse é o seu único defeito."
 

 

publicado por pevide às 09:17
link | comentar | favorito
Quarta-feira, 7 de Maio de 2008

Eu preferia ser ceguinha (cruzes canhoto) III...

Quando vejo senhoras com a bela da sobrancelha depilada.

E não é uma sobrancelha qualquer. E não é por não arranjar as minhas sobrancelhas.

São aquelas sobrancelhas super fininhas, uma linha de pelinhos sobrancelhais apenas. Se um destes pelinhos se desalinha, as sobrancelhas ficam em picotado:

- - - - - - - - - - - - - - - - - -

Ca'nojo!!!

publicado por pevide às 09:45
link | comentar | ver comentários (8) | favorito
Terça-feira, 22 de Abril de 2008

Sou mais Pró do que Contra

Pedro Passos Coelho...

Com este charme todo... a voz, o olhar, o aspecto lavadinho e cheiroso, o toque de gentleman... Com um líder assim... até votava PSD!

publicado por pevide às 11:16
link | comentar | ver comentários (4) | favorito
Sexta-feira, 11 de Abril de 2008

Lapsus Linguae - I

"E viste aquela rapariga com umas ligas cor-de-rosa à mostra?"

"Pá... se estivesse em casa de babygrow... até era capaz de ter sucesso!"

"(Cof Cof)... não será mais de babydoll?"

sinto-me: ok ok...
publicado por pevide às 09:29
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 7 de Abril de 2008

Aviso à navegação

O Pevides está em obras durante esta semana.

Pedimos desculpa pelos possíveis transtornos.

A Gerência.

Qualquer opinião (do insulto à sugestão) é bem-vinda (ou não)!

publicado por pevide às 16:25
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 2 de Abril de 2008

Nem para "ambientar" o WC depois "de"

Ontem comprei um perfume que andava a namorar há algum tempo (uma gaja tem de andar cheirosa!)

Quando chego a casa reparo que as amostras que vinham no saco eram TODAS do perfume da Britenei!!! Quem gostar do dito cujo que me desculpe, mas aquilo é perfume de azeiteira loira-cigano com raízes pretas e com ar (só ar) de quem domina o varão. Fadas!!!

sinto-me: bom perfume
publicado por pevide às 11:10
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 25 de Março de 2008

...eu sei que é básico, mas... também sou filha de Deus!

Não dá para ver vídeo (pra quê? pra ver a celulite da "Britenei"?), não dá para "muitas" músicas, não é o que está "in", mas...

É muito jeitosinho!!!

Fico é f#dida com o seguinte: 2GB custa X, mas 4GB não custa 2X... mas sim 3X. Esta caca devia ser proporcional!!! Raios!!!

sinto-me: banda sonora
publicado por pevide às 09:50
link | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 26 de Novembro de 2007

Alerta ao consumidor II

Sempre que parar, no meio de uma longa viagem, num posto da Galp para abastecer o seu veículo, tenha cuidado com as simpáticas luvas higiénicas disponibilizadas ao pé das bombas. Estas luvas são de utilização complexa e ineficiente, e provocam confusão mental no momento de escolha de combustível. No caso de querer Sem Chumbo 95 normal, irá abastecer GForce 95

(E o que fica realmente mais "force" é a conta bancária dos senhores donos da Galp... porque a diferença da gasosa convencional não será muita...)

sinto-me: chulada em 70,23 cêntimos
publicado por pevide às 14:42
link | comentar | favorito
Terça-feira, 20 de Novembro de 2007

Episódio Snickers II

Hoje tive mesmo de ir comer um Snickers. Tenho passado longas horas a queimar pestanas em documentos assinados senhor José Sócrates Carvalho Pinto de Sousa… (até já começo a ouvir o que leio naquela entoaçãozinha irritante... ninguém merece!)
E tive mesmo de ir ao bar, porque a máquina não tinha (só para variar…).
E bati com a fronha numa porta de vidro (aquela porta está SEMPRE aberta).
Mas valeu a pena
sinto-me: contentinha
publicado por pevide às 17:27
link | comentar | favorito
Quarta-feira, 14 de Novembro de 2007

Ser gaja é f... formidável!

Sabem como é… quando vos apetece MESMO MUITO um chocolate a meio da tarde, porque o vosso dia está a ser uma valente merdinha, já não sabem para onde se virar com o trabalho, e o dia parece não estar a render, sabem?
Fui à máquina que fica 2 pisos abaixo do meu spot de trabalho, pelas escadas (antevendo as calorias que se iriam acumular nas coxas sob a forma de mais umas "pocinhas de celulite", como diria a GatoSapato), chego à máquina e… só havia Mars, e eu a salivar por um Snickers!!!
Bem… lá pus as moeditas na ranhura e saco o Mars. Subo as escadas, devagarinho, a olhar para a barra de chocolate com um ar muito desconsolado… abro a porta do meu spot de trabalho, sento-me (também muito devagarinho, que é para ficar assim com uma carga mais dramática), e começo a abrir o invólucro (outra palavra bonita)… Nisto, empurro um bocadinho do chocolate para fora, dou uma trinca e…
 
Não consegui, foi mais forte do que eu! Pus a merda do chocolate fora (eu sei, eu sei… há criancinhas a morrer em África…) Mas… **da-se! Não consigo gostar daquilo! É muito caramelo! A merda do chocolate agarra-se ao céu da boca em três tempos!!!
 
Para a próxima vou ao bar… mesmo que fique meia hora à espera que a “senhora-do-bar” dê pela minha presença ("oh sáchabor?! Se estou aqui alapada ao balcão a olhar para si é porque quero alguma coisa, não?!"), enquanto arruma uma centena de colherzinhas de café…
sinto-me: a babar por um Snickers!
publicado por pevide às 15:32
link | comentar | ver comentários (3) | favorito

.mais sobre mim

.Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Quando eu pensava que já ...

. Homens com fio de ouro ao...

. 8 cm de prazer...

. A 8 mãos...

. Vá, uivem mais alto!!!

. Quem me quiser insultar, ...

. Há que ensiná-los desde o...

. Eu gostava taaaaaaaaaaant...

. E uma "vaquinha" para ant...

. Fico chateada, pois claro...

.links

.armazém de pevides

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds