Quarta-feira, 19 de Dezembro de 2007

Teoria da conspiração

"Gerry McCann, o pai de Maddie, acusou a Polícia Judiciária portuguesa de ter manipulado os cães farejadores para os conduzir a evidências falsas e "pouco fiáveis". Em declarações ao jornal inglês The Sun, o médico disse que a PJ instruía os animais para que achassem provas no porta-bagagens do automóvel que ele e a mulher alugaram na Praia da Luz, onde a criança desapareceu a 3 de Maio.

"Ele disse que um dos cães se dirigiu ao Renault Scenic, cheirou o local e se afastou. Ele viu como os polícias o obrigaram a voltar ao veículo", declarou uma fonte próxima dos McCann ao The Sun. "Depois, o cão reagiu ao aproximar-se do porta-bagagens. Gerry ficou surpreso, já que sentiu que o animal foi colocado nessa posição para reagir", acrescentou.

O Ministério Público tem de formular acusação ou arquivar o caso até ao fim de Janeiro de 2008.|"
http://dn.sapo.pt/2007/12/19/internacional/gerry_cann_acusa_de_manipular_caes.html 
Pois bem... este senhor além de médico é perito em comportamento animal. E acha muito mais interessante observar de perto cães a farejar pneus do que os próprios filhos à noite...
E digam lá, qual o interesse da PJ em manipular as provas? Porque sim!? E os cães, não vieram de Inglaterra? Ou a PJ só manipulou os cães portugueses? E os McCann, manipulam quem? Ser porta-voz deste casal de azeiteiros ingleses é mais lucrativo do que ser acessor do primeiro ministro inglês?
Aqui a Pevide acha que este grupinho inglês, McCann e pessoal da política, anda metido em esquemas marados, tipo seita (ao género do filme "Eyes wide shut"). É que só pode! Ao mínimo azar (en)cobrem-se todos uns aos outros.
sinto-me: há gente muita parva!
publicado por pevide às 09:44
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 22 de Novembro de 2007

Direitos da Criança - cadê?

"Relatório de pedopsiquiatras diz que tribunal põe criança em risco "
Equipa considera que entrega de menor é "completamente errada"
"As indicações resultantes de trabalho terapêutico com esta menina vão forçosamente ao invés do ordenado pelo tribunal. A ruptura dos laços com os pais afectivos, de forma permanente, mesmo que não abrupta, é um factor causal de doença mental e a entrega ao pai biológico potenciará (...) as condições essenciais, a curto prazo, para a instalação de uma perturbação pós-stress traumático." Assinado por todos os técnicos de saúde mental aos quais fora entregue, pela Justiça, o seguimento da criança, o relatório entregue ao Tribunal da Relação afirma que a decisão dos juízes a coloca em risco.
 
http://dn.sapo.pt/2007/11/22/sociedade/relatorio_pedopsiquiatras_que_tribun.html
 
Agora a sério… isto parece uma anedota! O que é que os senhores juízes deste caso têm na cabeça? Não devem ter grande capacidade de raciocínio para se limitarem a aplicar a “Lei” indiscriminadamente… E devem ter passado os exames todos à custa de orais…
Não é suposto o Direito ser uma ciência humana? Hum… acho que neste momento é mais uma ciência genética… Pai é Pai por uma questão de esperma!
 “… a nossa Lei é muito clara. A criança será entregue ao pai biológico. O pai biológico tem direitos.”
E os Direitos da Criança? Que se fod@#?
 
O senhor Baltasar, se tem algum afecto pelo criança, devia mas é deixá-la com os pais que sempre cuidaram dela, em quem ela confia, com quem se sente segura e íntegra, porque é o MELHOR PARA ELA, não? Será que é muito difícil entender?!
Vai-se a ver e o sonho da criaturinha é ter uma filha com problemas psicológicos GRAVES!!!
PAIS A SÉRIO: metam-se num avião e fujam para bem longe com a menina!!! A Fátima Felgueiras conseguiu...
sinto-me: com instintos violentos
publicado por pevide às 13:05
link | comentar | favorito
Terça-feira, 20 de Novembro de 2007

A Bela da Justiça à Portuguesa

"Caso Esmeralda"

Menina terá que ser entregue ao pai biológico em 26 de Dezembro.

Esmeralda Porto, a menina de Torres Novas que vive desde os três meses com o sargento Luís Gomes e a mulher, já estará na passagem de ano em casa do pai biológico.

 

Notícia SIC
(http://sic.sapo.pt/online/noticias/pais/20071120+-+Caso+Esmeralda.htm)

 

A Justiça além de ceguinha anda cardíaca!!!

 

Pai da "Esmeralda" para a filha no dia 26 de Dezembro:

 

"O Pai ficou muito feliz quando soube que era teu pai! Tenho de oferecer umas boas garrafas de uísque aos agentes da autoridade que me obrigaram a fazer o teste de paternidade. Sim, porque eu nunca iria acreditar na p*&$ da tua mãe. Brasileiras... E agora olha... A tua madrasta não consegue embuchar e homem que é homem tem de deixar descendência. A partir de hoje chamas-te Esmeralda, e esquece aqueles senhores, que o teu pai sou eu!"

sinto-me: completamente parva!
publicado por pevide às 17:46
link | comentar | ver comentários (5) | favorito
Sexta-feira, 16 de Novembro de 2007

Grande entrevista 15.11.2007

A antiga provedora da Casa Pia chamava-se Catalina.
A actual provedora da Casa Pia chama-se Joaquina.
Logo, a próxima provedora da Casa Pia vai chamar-se:
 
a)     Miquelina
b)     Ustilina
c)     Serafina
d)     Justina
e)     Ondina
f)      Armandina
g)     Francelina
h)     Maria Albertina
 
E são tudo nomes verídicos. YAH!
Eu até explico:
a)     Colega da minha mãe, pelos vistos um bocado marada do “tico e do teco” (traumas com gajos…)
b)     Colega do meu pai (e vocês pensam, “**da-se! Os teus paizinhos dão-se com gente muito estranha… está tudo explicado”)
c)     Não conheço ninguém com este nome mas tive um prof de Filosofia no 11º ano chamado Serafim, que era um valente tarado séchual – i.e. coçava-se nas aulas e deitava olhares lânguidos à Maria. E como Serafina não dá erro no Word™…
d)     Afilhada & Sobrinha da minha Ama (também com grandes traumas com gajos. Estou aqui a ver um padrão…)
e)     Ama do meu gajo (nunca se lhe conheceu namorado. Acho que nem era suposto)
f)      Armandina (outro nome que não dá erro no Word™)
g)     A mulher do pasteleiro, que tem o armazém-fábrica alugado à minha vizinha do lado, e é bêbada que nem um cacho todos os dias (quando a vizinha tinha arbustos no jardim, a tipa escondia lá a garrafa de vinho do Porto. Aposto que a vizinha tirou os arbustos e mandou fazer um muro de cimento só para a lixar!). Passa a vida a discutir com o marido, por causa das empregadas com ar de “senhoras cujo spot de trabalho costuma situar-se nas esquinas” (e não transcrevo aqui o que ela costuma gritar-lhe porque é realmente muito mau! Talvez um dia eu ganhe coragem… ou não!) Eu cá acho que o marido a escorraça do estaminé porque ela deixa cair açúcar a mais nos bolos (daquele que há em certos e determinados couros cabeludos… ok… com esta imagem mental já não vos deixo almoçar em paz… sorry!) Ah! E não, não moro em nenhum bairro social, ok?
h)     “como foste nessa de chamar Vanessa à tua menina…”
 
Bem… já mandei o meu bitaite completamente parvo sobre os nomes das provedores da Casa Pia, por isso vou falar de coisas mais sérias (se bem que me dêem vontade de rir em amarelo…)
Ontem decidi assistir à entrevista que a “senhora do significado 6.” costuma fazer todas as semanas. É que a polémica Casa Pia deixa-me sempre com a “pulga atrás da orelha”, e como não fui nada com a cara da actual provedora numa entrevista que vi há uns tempos, decidi avaliar melhor a coisa…
A Dra. Joaquina Madeira esteve muito mal… além de não ter estado nada à vontade, apresentou um discurso básico, repetitivo (tipo cassete de lavagem cerebral) e completamente incoerente. Só lhe faltou dizer:
“Estou desejosa que surja um escândalo de pedofilia muito maior, que é para pararem de falar na Casa Pia.”
ou
“No fundo, no fundo, estou-me nas tintas se continuam ou não a haver abusos na Casa Pia. Quero é fazer o meu trabalho sossegadinha e que não surjam mais nomes Pedrosos Poderosos na lista dos suspeitos, que é para o PS ficar muito contentinho com os meus serviços.”
ou
“O sôtor Pedro Namora agiu de má fé, não veio falar comigo antes de ir para os jornais. Fiquei amuada e não o quis atender, tá? Eu devia ser “primeiras”. Como estou tão preocupada com os novos indícios de abuso sexual na Casa Pia, nem quis saber o que ele queria falar comigo, nem por telefone!”
ou
“A sôtora Catalina Pestana só me quer tirar o protagonismo. Por isso é que veio para os jornais dizer que continuam a existir abusos dentro da Casa Pia. Ela é uma ressabiada, isso sim!”
 
Foi tão evidente o comprometimento… tão evidente o querer ocultar alguma coisa muito podre… tão evidente a “falta de à vontade = vou ter muito cuidadinho com o que digo para não me enterrar, mesmo que diga coisas parvas”.
 
A entrevista com a Dra. Joaquina Madeira “cheirou mal”… Eu até acredito que a senhora tenha “algumas” boas intenções, mas pareceu-me mais um fantoche mal amanhado… Não vou mesmo com a cara dela!
sinto-me: com uma raiva desgraçada!!!
publicado por pevide às 09:20
link | comentar | ver comentários (4) | favorito

.mais sobre mim

.Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Novo surto de "língua azu...

. Obama, brother, vê se gan...

. Amanhã não vejo. Bolas!

. Como calcular o QI de uma...

. É... as bolas de futebol ...

. Nem para "ambientar" o WC...

. Post a modos de "recado" ...

. Quem é este gajo?

. Eu não vou às aulas de Sp...

. Espécie de Canicultura

.links

.armazém de pevides

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds